Yayoi Kuzama

Yayoi Kusama é considerada uma das mais importantes artistas japonesas. Seu trabalho é baseado na arte conceitual e mostra alguns atributos do feminismo, minimalismo, surrealismo, pop art e  do pós dadaísmo infundido com conteúdo autobiográfico, psicológico e sexual.

Embora tenha formação acadêmica em pintura japonesa, chamada Nihonga – pinturas feitas de acordo com as convenções de materiais e técnicas tradicionais japonesas, não foi esse o caminho artístico percorrido por Yayoi Kusama.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Foi aos 21 anos (1950), que Yayoi Kusama começou a cobrir tudo o que via com bolinhas – paredes, pisos, objetos domésticos, quadros, pessoas… A essa compulsão, a artista deu o nome de “redes de infinitos”.  A artista afirma que as redes de infinito saíram de suas alucinações.

 Mudou-se para os EUA aos 27 anos, em 1956. Nos anos 1960,  dedicou-se também ao cinema, design de moda, além de organizar happenings em locais públicos, como o Central Park e a ponte do Brooklyn. Suas performances de rua faziam enorme sucesso, principalmente quando pintou bolinhas em homens e mulheres nus  protestavam contra a Guerra do Vietnã.

 Suas pinturas, colagens, esculturas, performances e instalações são marcadas pela obsessão com a repetição de padrões, principalmente com as bolinhas, e a acumulação.Em 1973, retornou ao Japão devido a saúde mental frágil, razão pela qual começou a escrever romances e poesias chocantes e viscerais. Seu estúdio hoje fica a uma curta distância do hospital psiquiátrico de Tóquio, onde continua a produzir trabalhos.

Ela descreve a si mesma como uma “artista obsessiva”. Influenciou  diferentes gerações de artistas japoneses como Yoko OnoTakashi Murakami.

A artista acaba de firmar uma parceria com a Louis Vuitton e irá desenvolver peças de couro, acessórios, relógios, sapatos e jóias. As peças deverão ser lançadas em julho e seguirão o estilo da artista, que faz bolinhas em tudo o que cria. A Vuitton é também uma das patrocinadoras da exposição de Kusama que atualmente está em cartaz no Tate Modern, em Londres.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s