Bureaux de Tendência para Inverno 2014

evoluc3a7c3a3o-da-tendencia
Após anos reproduzindo o passado e promovendo os ideais tradicionais, as coleções de materiais da Première Vision Preview abraçaram o futuro, destacando os looks transformadores que combinaram as construções e os acabamentos de alta tecnologia com um espírito de criação mais livre e extravagante. Novas misturas e costuras peculiares permitiram um diálogo entre o mundo natural e a ciência moderna.

Os looks naturais permaneceram importantes, mas com menos ênfase em mostrar as verdadeiras credenciais ecológicas. Karla Magruder, presidente da Fabrikology e grande especialista em aquisição e desenvolvimento têxtil, afirma: “Fiquei surpresa em ver tão poucos elementos ecológicos na Première Vision. Um ex-colega meu estava promovendo uma fibra reciclada, mas essa foi praticamente a única iniciativa sustentável que eu vi”.

HUMORES + TENDÊNCIAS

· Rendas radicais: grossa, exagerada, pesada, aparência de videira

· Estética tribal neoprimitiva futurista

· O foco não é mais copiar a autenticidade ou o trabalho manual

· Luxo natural, rústico, bruto, com pouca tecnologia

· Imitações de cetim e seda transparente

· Ternos tradicionais, xadrez, ponto pied-de-poule

Este slideshow necessita de JavaScript.

 FIBRAS + FIOS

· Algodão fácil e simples e linho rústico

· Fios de crepe e de papel criam texturas

· Materiais e fios pós-consumo 100% reciclados da Newlife

· O mais fino fio de poliéster de 7 denier para imitação de seda

· Os fios core-yarn ocos artificiais oferecem elevação sem peso

· Fios de ráfia para tricô e tramas no estilo étnico

Este slideshow necessita de JavaScript.

 SUPERFÍCIE + CONSTRUÇÃO

· Drapeado fluido, mas com textura áspera, arenosa

· As influências da malha ativa continuam fortes

· Estampas tribais modernizadas e renovadas

· Cores lisas muito foscas; alguns aspectos manchados

· Estampas digitais vibrantes para seda, tecidos sintéticos e transparências

· Renda laminada brilhante, tecidos metálicos pastéis, madrepérola

Este slideshow necessita de JavaScript.

 SENSAÇÃO TÁTIL + TEXTURA

· As texturas estilo mergulho continuam, mas estão mais femininas e menos tecnológicas

· Costuras peculiares, resinas emborrachadas e tratamentos de brilho

· Jacquards texturizados e malhas esponjosas

· Resina extrudada através do tule para texturas de bolhas

· Escovação indefinida para estampas de ternos e pontos pied-de-poule minúsculos

· Transparências construídas permitem uma alfaiataria rígida de “papel vegetal”

Este slideshow necessita de JavaScript.

FÓRUM DE TECIDOS PREMIÈRE VISION PREVIEW P/V 2014

“Uma narrativa de vitalidade, energia e ambição ganha vida por meio da criatividade dos nossos expositores, que apresentam elementos excepcionais, apesar do risco e da pressão do mercado. Eles estão se arriscando. Toda criação tem seu risco, mas é gratificante.” – Sabine Le Chatelier, diretora de moda, Première Vision

Em uma conversa com o Stylesight sobre as tendências de materiais para a P/V 2014, Sabine Le Chatelier explica o processo criativo por trás do Fórum de tecidos Première Vision, que, a cada temporada, busca inspiração e confirmação nos expositores da feira. A partir de um grupo de amostras enviadas para a equipe de moda da Première Vision, o ponto de vista coeso desta temporada transmite, acima de tudo, uma ética criativa verdadeira.

PREMIÈRE VISION PREVIEW – GAMA DE CORES P/V 2014

Para a P/V 2014, as cores estão finalmente suavizadas: mais sutis e mais claras com toques confiantes de vitalidade. Percebendo que o mercado ainda não se cansou das cores, Sabine Le Chatelier e sua equipe criaram uma gama otimista, mas madura, que evita a força e a intensidade da P/V 2012 e 2013.

 A cor “white page” começa esta paleta sonhadora, mas refinada, seguida por marrom avermelhado, azul petróleo, lilás, gerânio e verde azulado forte / A cor “blue chalk” e o amarelo sol para o alto verão, com rosa claro, menta, laranja forte e azul escuro / Os tons “silt”, amarelo “graisse”, rosa-castanho metálico e vermelho “vampire” formam a paleta mais sóbria para a P/V 2014 / O “too-tanned” e a ardósia servem como cores neutras para o verde ácido e o “blue pill”; o argila escuro e o mármore completam a gama.

RENDAS RADICAIS – SUPERFÍCIE + TEXTURA A Première Vision Preview revela o excesso de evoluções da renda para a P/V 2014.

Ideias florais mutantes / Construções com renda guipure mais grossas / Corantes vibrantes / Apelo ultrafeminino / Transparências tingidas / Motivos de renda delineados em cores contrastantes / Estruturas de renda complexas e entrelaçadas com apelo inspirado na natureza / Forte presença em jaquetas e casacos elegantes / Brilho laqueado / Excesso de lantejoulas em couro / Resina extrudada infiltrando a trama e criando textura gelatinosa e de bolhas (Sophie Hallette) / Renda com aparência plástica laminada (Solstiss).

O TOQUE DE UMA DAMA – SUPERFÍCIE + TEXTURA Embora com menos babados, os tecidos da Première Vision Preview continuam femininos com padrões e texturas de superfície elevados.

Os jacquards em relevo substituem o adorno exagerado / Piquê aumentado e padrões de superfície estampados / Leve sensação tátil em 3D / Os tons monocromáticos são fundamentais nos estilos modernos e elegantes / Tratamentos de jacquard manchado para uma abordagem envelhecida.

RECOMEÇO TRIBAL – INSPIRAÇÃO Uma essência nobre e majestosa e tratamentos futuristas expandem as ilustrações e estampas tribais para a P/V 2014.

Ráfia brilhante revestida e fios de papel delicados constroem a textura / Tricôs de ráfia / Ilustrações que combinam os tribais e os elementos urbanos / Influências rítmicas africanas para os jacquards se destacam em tons urbanos com toques elétricos / Padrões geométricos para a camisaria / Estampas étnicas ou listras grandes e dinâmicas em elegantes tons fortes e pastéis para a moda praia / As sensações táteis naturais reforçam o espírito de “tecnologia desacelerada” / Renda guipure e renda geométrica tribal / Plásticos misturados com madeira.

ERA DIGITAL – ESTAMPA + PADRÃO As tecnologias de estamparia digital continuam desafiando as limitações, oferecendo tratamentos mais definidos e dinâmicos para a produção em massa.

Estampas multicoloridas agradáveis e com temas de frutas em bases de seda e algodão / Informais, elegantes e alegres / A Miroglio Textile lançará sua maior e mais rápida impressora digital em fevereiro de 2013, com capacidade de 3.000 metros/hora, 10 milhões de metros/ano.


OS HOMENS – INSPIRAÇÃO
As construções de tecido arquitetônicas, as tramas densas e as malhas de piquê proporcionam uma forte identidade masculina para esta feira essencialmente voltada para as roupas femininas.

Ternos de linho e de lã de verão / Ponto pied-de-poule minúsculo / Listras lineares nítidas e xadrez definido / Microilustrações com fios tingidos / Algodão fino ultradenso / Ponto pied-de-poule indefinido, escovado, cinza sobre cinza / Piquê e jérsei de lã ativa da Reda / Espírito do padrão de camisaria ou de alfaiataria para forros da Marco Pastorelli.

LUXO BRUTO – FIO + TECIDO Tramas rústicas, malhas complexas e fios texturizados proporcionam uma sensação chique casual para as coleções de materiais da P/V 2014.

Texturas de superfície minerais e de pedra / Ternos e camisas de linho / Malhas esponjosas criam os looks Chanel em cardigãs e suéteres / Jacquards de textura irregular / Paletas neutras ou elementos de índigo chique / Fios manchados e com maçarocas / Crepes duplos e crepes flexíveis / Estampas de mármore em tons naturais para as peças prêt-à-porter; vibrantes para as peças de natação / Looks de juta com toques neon / Interessante textura áspera com baixa tecnologia.

AREIAS EM MOVIMENTO – SUPERFÍCIE + TEXTURA As novas malhas de piquê e jérsei apresentam drapeados fluidos, mas com texturas ásperas, arenosas.

Sensação tátil de crepe seco / Superfícies em cores lisas muito foscas / Linho natural, algodão ou looks com imitação de superfícies / O tecido stretch áspero parece novidade / Cinzas naturais mais quentes para roupas informais / Fios com neps e maçarocas / A tendência de superfícies arenosas é estendida para algumas tramas.

IMITAÇÃO DE SEDA – SUPERFÍCIE + TEXTURA As superfícies acetinadas e as transparências de seda construídas surgem em materiais artificiais.

Brilho de madrepérola / Tons metálicos pastéis / Aparência luminosa ou brilhante, mas sempre delicada e sofisticada para as peças prêt-à-porter femininas / Transparências leves coloridas e textura de “papel vegetal” para as camisas de alfaiataria / Material reciclado pós-consumo sem produtos químicos da Newlife para lingerie, itens da moda e roupas informais / Estampas ombré indefinidas, foras de foco, com brilho lustroso.

DEBS CORPORATION – ESCOLHA DO EDITOR A Debs Corporation não conhece limites em relação à criação de imitações de seda.

Crepes de poliéster com texturas arenosas / Crepes combinados / Sensação tátil e aparência de imitação de seda por meio de pesquisa e desenvolvimento contínuos de construções e tratamentos / Tingimento ecológico com ar (AirDye) sem água / Fios ocos criam texturas sedosas e esponjosas / A Debs conseguiu desenvolver o mais fino fio de poliéster de 7 denier para a produção em massa de transparências superleves.

GÜLIPEK TEKSTIL – ESCOLHA DO EDITOR Criada em 1951, a empresa turca Gülipek Tekstil usa equipes de criação internas e internacionais em suas quatro coleções anuais.

Tramas com padrão étnico totalmente em algodão / As listras largas de cores vibrantes em viscose/náilon atraem os compradores da moda praia na P/V 2014 / Os estoques e as coleções de O/I 2013 atraem os compradores de fast fashion / Tramas tribais em algodão/poliéster/linho / Dobras texturizadas.

MALHIA KENT – ESCOLHA DO EDITOR Refletindo a tendência de afastamento da cópia do tradicional, a Malhia Kent se destaca com sua versão moderna da habilidade artesanal.

As paletas de cores elétricas modernizam a padronagem e tecelagem no estilo de ráfia / Os fios de papel criam efeitos de laços flutuantes / Fios para detalhes com laços de papel amarrados, chamados popillottes, criam textura e dimensão elevadas / As superfícies de trama de tapete são modernizadas com revestimentos de aparência plástica.

SOPHIE HALLETTE – ESCOLHA DO EDITOR A famosa fabricante francesa de renda Sophie Hallette dita as regras nesta temporada com novos tratamentos criativos.

A resina transparente ou pigmentada passando pela renda ou pelo tule cria texturas de nódulos emborrachados / A resina cristalizada, respingada, cria um efeito deslumbrante de gotas de água no tule e na trama / Lantejoulas em couro / Adorno exagerado para looks exclusivos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s