Barbie Kill

3922_534152709930210_125825593_n
Para Mariel Clayton tudo começou com uma câmera e um grande interesse em fotografias de viagem. Foi aí que surgiu o lampejo para a criação dessa  série de fotografias. Em um encontro com uma loja de brinquedos em Tókio, que a transportou para o mundo surreal das miniaturas japonesas e das histórias por trás delas. Desde que começou a trabalhar com fotos de bonecas, Mariel pôde a apreciar cada vez mais as possibilidades de como fotografá-las e como cada mudança de posição, gesto ou acessório pode transmitir um conceito cômico e ao mesmo tempo trágico nas fotos.

Esse projeto é inspirado num conceito “serial killer” e apresenta a Barbie psicopata, homicida, que mutila, desmembra suas vítimas, que são na sua maioria o boneco Ken ou outras Barbies. Mariel também criou uma série de fotos batizada como “Rooms”, que coloca a boneca e seus amigos em cenas cotidianas, em uma visão mais próxima da nossa realidade.


Escolheu trabalhar com Barbies porque as considera a imagem eternizada da mulher superficial e fútil, criada para ser uma dona de casa perfeita em seu mundo intocável. “O sorriso vazio pintado de batom e os olhos sem alma escondem o coração negro de uma verdadeira sociopata, assim como na vida real.” diz a fotógrafa.

Segundo a própria Mariel, a idéia não é transmitir nenhuma mensagem a partir dessas fotografias, mas apenas se divertir e compartilhar isso com outras pessoas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s