Je suis Neshat

artwork_images_425192648_751879_shirin-neshat
A iraniana Shirin Neshat exilada em Nova Iorque usa arte para expressar sua indignação contra atrocidades dos totalitarismos no Oriente Médio, criando imagens que por hora exploram a força e a impotência feminina.

“Nossa arma é a arte” afirma Shirin Neshat.

Anúncios

A Arte Glacial de Azuma Makoto

10931433_788361051218406_8506702674970834546_n

O artista botânico Azuma Makoto transformou uma fábrica ao noroeste de Tóquio em uma galeria de arte glacial ao congelar buques de flores.
Fascinante!

I see people in the crowd

6-652x433

Guilherme Kramer é paulista e veio do mundo publicitário pra marcar o campo da ilustração, do street art e da pintura com o seu trabalho minucioso, detalhista, compulsivo e brilhante.

Conhecido pelos murais e peças em grandes formatos onde desenha milhares e milhares de pequenos rostos expressivos e detalhados, ele foi um dos vencedores do projeto Havaians + IdeaFixa, ilustrador do Estadão, já colaborou com marcas como a Reserva e mais recentemente com a Streettoo e oStree2lab, teve inúmeras exposições individuais pelo Brasil e pelo mundo, e agora está abrindo aexposição Humanhood em Hong Kong na galeria de arte Toof Contemporary, onde ele também realizou um live-painting desenhando os rostos dos visitantes da expo. Aproveitando a visita asiática, o artista também vai realizar um workshop de arte urbana esse sábado, 5 de Outubro.

Compartilhamos aqui as imagens do processo dessa obra recente incrível, Con la gente me gusta.

Kantha

Num momento em que estamos valorizando o feito a mão, adoramos estas lindas mantas bordadas chamadas Kantha.
Com curadoria de Hand & Cloth, mulheres de Bangladesh recuperam antigos saris e criam peças uma diferente da outra. Cada tem uma história e é reflexo da rica tradição cultural da artesã que fez.

Flash Mob Smirnoff – Green Apple sinal verde para balada

s1

Todo mundo tem algum amigo que sempre fica com preguiça e raramente se anima pra ir pra balada. Nesses casos, costuma ser mais eficiente pegá-lo de surpresa, assim, no meio da diversão, fica difícil recusar. Foi pensando nisso que a Smirnoff ICE montou uma brincadeira para incentivar amigos a curtirem mais baladas juntos.

s2

A marca combinou com algumas pessoas de levar um amigo para uma loja de conveniência em Porto Alegre. Lá, eles pegavam algumas garrafas do novo sabor Green Apple, e quando passavam no caixa, a loja se transformava numa balada, com direito a disco ball, DJ, música alta e várias pessoas dançando.

Com um “empurrãozinho” desses, não tem quem resistiria à balada né?

Imortalidade Virtual

Viver e morrer e depois voltar a vida. Alcançar a imortalidade. Isso parecia impossível a conquista humana. Porém não para Hsin-Chien Huang, novo artista taiwanês comentado na mídia, ao criar a  inusitada experiência Read My Lips.

Read My Lips “é uma escultura interativa do rosto de Andy Warhol, que se move com as pálpebras e os lábios mecânicos. Dentro dele, há um computador que controla doze motores que controlam as pálpebras e os lábios. Durante a conexão à Internet, o trabalho será enviar perguntas para seu Facebook a cada semana. Estas questões são artisticamente relevantes, incluindo temas como o significado de si mesmo, o seu significado social, aura estética, cultural e patrimônio histórico, as opiniões de críticos e fãs, e até mesmo o seu preço e potenciais compradores. Quando os amigos quando os seus amigos do Facebook lê-los, eles podem postar respostas. Então o trabalho vai percorrer estas respostas e ler as respostas em  um texto para discurso motor.

O artista irá preparar as primeiras 52 questões por um período de um ano:
 O que eu sou, na sua opinião?
 Quantos dias que você pode viver sem arte?
 Sou um gadget?
 Como muitos artistas mortos estão no Facebook?
 Todos seremos famoso por 15 minutos. Você se sentiria se você já vivesse seus 15 minutos?
 Se eu estou disponível para vendas, se você considerar a compra de mim?

Quando o trabalho vai ficar sem perguntas, ele vai postar um pedido de novas perguntas aos amigos do Facebook e seus obter mais suprimentos das questões. Mas quando se esgota todas as questões, torna-se silencioso. Em outras palavras, a obra será “praticamente vivo”, enquanto seu público mantendo responder.

O conceito inicial deste trabalho foi inspirado pelo crescente número de contas de artistas falecidos ‘Facebook. Neste momento, existem cerca de 50 Andy Warhol, e trinta Salvador Dali contas do Facebook (incluindo dois “Salvador Dali bigode” contas). Esse fenômeno fornece uma visão interessante sobre as posses e os significados das obras e dos artistas artistas eus.

Por estas contas no Facebook, a personas dos artistas falecidos são mantidos e se regeneraram pela nessas comunidades, e tornam-se pontos de encontro para os fãs dos artistas. Este trabalho explora este conceito. O significado deste trabalho não é constante. Foi criado porHsin-Chien Huang, inicialmente, mas depois ele convida as pessoas a aderir a este processo de criação de significado, e sua expectativa de vida é determinada pelas respostas de seu público.

Cicada

cicada2

A instalação de bambu fica no centro de Taipei em Taiwan, desenhada pelo arquiteto Marco Casagrande é um vazio textura orgânico inserido mecânica da cidade. O desenho da obra foi criado para ser um casulo  pós-industrial resultado da metamorfose de um inseto gigante. A arquitetura é baseada no conhecimento local de escala humana flexível construídos a partir de estruturas de bambu contendo um alto nível de improvisação inerente à mente de insetos e seus casulos de forma livre.

Quando se entra no Cicada, que em português quer dizer cigarra, a cidade ao redor desaparece. O casulo é um espaço interior, mas totalmente fora – ele está respirando, vibrando, de maneira suave e segura. O espaço inspirado no movimento swollow dialoga com o homem moderno e ao mesmo tempo oferecer-lhe a possibilidade de viajar mil anos atrás. Ao final, Cicada realiza uma arquitetura de insetos em plena  rua.

Este slideshow necessita de JavaScript.