33 momentos que definem como será o próximo SPFW

E como quem não quer nada, lá vem chegando o SPFW de novo.

Hora de polir os óculos escuros.

E respirar fundo.

Olhar o line-up e confirmar: não tem mesmo desfile da Neon

Mas Reinaldo Lourenço e Gloria Coelho estão de volta!

Alguns desfiles incríveis…

… outros nem tanto.

E outros com um casting… interessante.

No fim de semana anterior, a missão é checar o guarda-roupa.

E…

Sempre cogitamos um look bafo.

Mas estamos trabalhando, né? Melhor usar algo mais prático.

Aí a gente chega no Parque Villa Lobos e não tem UMA sombra.

E ainda esquecemos de fazer o credenciamento.

Tudo bem, todo mundo bem-humorado para a Animale, que abre os trabalhos.

E mais bom humor, afinal são VINTE E CINCO desfiles em cinco dias.

Aí, logo depois do primeiro desfile, alguém pergunta: quais as TENDÊNCIAS da estação?

Sério, quem é que ainda liga para TENDÊNCIA?

E a gente ainda tenta comer uma coisinha e… o restaurante é o Figueira Rubayat!!!

A terça-feira é longa e começa cedo, com Alexandre Herchcovitch no Teatro Municipal.
Hora de disfarçar a cara de sono.

De tarde, além dos desfiles, a modelo Michelli Provensi lança seu livro. ❤

Já na terça de noite, hora de escolher:
Ficar para ver o desfile de Juliana Jabour OU partir para a festa da Chanel na Oca?

Ou os dois!

Mas sem ressaca no dia seguinte.

Quarta tem desfile-show-performance-apresentação do Fause Haten.
E ele só vai divulgar o lugar na hora.

Quinta-feira, 10h30: Pedro Lourenço faz desfile na FAAP.
Tomara que não chova, né? Porque aquelas escadas…

Em algum momento VAI chover – e vamos todos ficar ilhados depois do último desfile.

Aí, também na quinta, tem o retorno de Gisele Bündchen. Na Colcci. DE NOVO.

Mas depois do desfile, todo mundo sai meio assim.

No fim da sexta-feira, bate aquele cansaço.

Mas aí você lembra que na outra semana tem… Fashion Rio!

E ainda tem que fazer lista de tendências, porque as pessoas não param de pedir!

No meio disso tudo, Gloria Kalil está na Turquia… Volta, Gloria!

Anúncios

Summer Girl

fass-vanderperre-03-h

E o verão vai ser fresco e suave, como uma menina pintada por Vargas mas ao mesmo tempo  com uma pitada moderna  de playsuits pinup que brilha com o Sol da manhã.

 

A Escócia por Chanel

chanel_071_1366.450x675
O desfile de Métiers d’Art 2012-2013 da Chanel levou todo o glamour de Paris para a Escócia, o desfile foi montado no palacete Linlithgow, em Edimburgo em dezembro de 2012. A coleção tem uma proposta  “old tradition” com estampas escocesas com destaque para o xadrez dos tartans, tweed, lã de caxemira e o linho, fazendo uma clara referência ao  universo das vestimentas escocesas.

A lã surgiu como carro-chefe em estampas diversas, sobreposições pesadas entraram em contraste com as formas medievais da história da monarquia da Escócia presentes nas peças.

Balonês, golas e mangas bufantes em vestidos off-white feitos para ninguém senão as mulheres da realeza foram os pontos de luz entre as demais produções, todas em tons mais sombrios, como preto, cinza, vermelho, laranja fechado e roxo. Mas a presença de um look infantil trouxe suavidade para a passarela com a entrada de um pequeno garoto em seu kilt preto, sobrepondo calça e a camisa branca, com direito a lenço amarrado e minipaletó de tweed.

Mesmo com a neve e a temperatura de menos três graus, na fila A, estavam o embaixador francês Monsieur Bernard Emie, o chefe do clã da Escócia Sir Malcolm e MacGregor, o conde e a condessa de Cawdor, o visconde e a viscondessa de Petersham, o conde e a condessa de Moray. Figuras como Alicia Vikander, Anna Mouglalis, Poppy Delevigne, Joana Preiss e Caroline Sieber também marcaram presença.

O desfile mostra antagonismo entre Elizabeth I (rainha da Inglaterra e da Irlanda entre 1558 e 1603) e Mary Stuart (rainha da Escócia de 1542 a 1567), que acabou sendo decapitada sob a ordem de Elizabeth, sua prima.

Em entrevista ao site WWD, o estilista Karl Lagerfeld afirma “a ideia da Escócia, vem da mistura de Coco Chanel e Mary Stuart – duas rainhas da moda”. Assim vemos um retorno às origens da marca, já que Gabrielle Chanel descobriu a Escócia com o Duque de Westminster, passando a se inspirar nos tweeds, cardigãs e tricôs de malha.

Semana de Alta-Costura de Paris: veja o line-up completo

couture1

Contagem regressiva para a Semana de Alta-Costura de Paris, prevista para ocorrer entre os dias 21 e 24 de janeiro, com os luxuosos desfiles de primavera 2013. Como adiantamos, as grifes Alexis Mabille e Maison Martin Margiela, que já faziam parte da programação, agora receberam o selo oficial de alta-costura do Chambre Syndicale de la Haute Couture e desfilam no dia 23 e 21.01, respectivamente. Outra novidade é o desfile de Hervé L. Leroux (antigamente conhecido como Hervé Léger): o estilista está entre os quatro convidados da edição e mostrará 12 criações no último dia, em seu recém-inaugurado showroom na Rue de Seine. A baixa fica por conta da Givenchy, que pulará a temporada – embora continue sua produção de peças couture pra eventos de tapete vermelho. Já a Atelier Versace mantém sua apresentação off programação, ainda sem data divulgada. Confira abaixo o line-up completo do evento:

lineuppar13

147807529

Semana de Moda de Paris

As maiores e melhores grifes do mundo apresentaram suas apostas para o inverno de 2012/2013 na Semana de Modade Paris.

Peles, couro, sobreposições, cores fortes, cortes de alfaiataria e cinturas marcadas foram alguns dos pontos que tomaram conta das passarelas, sempre com muita elegância. Christian Dior, Nina Ricci, Givenchy, Jean Paul Gaultier, Yves Saint Laurent, Chanel, Paco Rabanne e Valentino foram alguns dos grandes nomes que se apresentaram.

Ao todo, foram 51 grifes que desfilaram na semana de moda. O Brasil foi representado pelo estilista Pedro Lourenço, que levou casacos e cores fortes para as passarelas. Confira ao lado alguns dos modelos criados pelas principais grifes do evento.

Assista aos principais desfiles da Semana de Moda em Paris  de Inverno:

A estação da Louis Vuitton

Os cristais da Chanel

Viktor & Rolf

John Galliano

Christian Dior

Alexander McQueen

Valentino

Jean Paul Gaultier

Comme des Garçons

Lanvin

Gucci

Dolce & Gabbana

Dsquared2

Prada

Vivienne Westwood

Fora Kony!

Vídeo distribuído pela ONG Invisible Children, para tornar conhecido o rosto do criminoso de guerra Joseph Kony, superou o fenômeno Susan Boyle.

Joseph Kony, Número 1 na lista de criminosos de guerra mais procurados do mundo acaba de tornar-se famoso, para seu azar. Nesta sexta feira, seu rosto já tinha sido visto por mais de 70 milhões de pessoas em todo mundo, que assistiram ao documentário de 30 minutos chamado Kony 2012, postado no YouTube pela organização Invisible Children Inc na segunda-feira, dia 5 de março.

O objetivo da ONG não era homenagear Kony, líder do grupo rebelde Lord’s Resistance Army, de Uganda, tristemente conhecido por sequestrar garotos de suas famílias e, pelo medo, transformá-los em guerrilheiros, matando e mutilando suas famílias e seus vizinhos. O anonimato facilitava a fuga de Kony pela África, por isso a Invisible Children se propôs a torná-lo uma celebridade divulgando seu rosto e fazendo com que cada pessoa no mundo possa identifica-lo e prende-lo ainda em 2012.

Segundo a empresa de métricas online Visible Measures Corp, o vídeo de Kony superou os 70 milhões de views nesta manha, tornando-se o viral mais rápido da história. Na segunda-feira, a ONG lançou oficialmente a campanha Kony 2012 nas mídias sociais, criando páginas no YouTube, Facebook e Twitter e pedindo a celebridades que ajudassem a divulgar a campanha.

Já existem mais de 500 mil comentários para a campanha e o twitter @invisible já tem mais de 370 mil seguidores. A página do Facebook passa dos 2 milhões de seguidores.  Para ter uma idéia do impacto, a Visible Measures compara Kony 2012 ao fenômeno Susan Boyle, considerada a campeã até agora. No caso da cantora anônima, cujo vídeo hoje tem mais de 480 milhões de views, foram necessários 6 dias para atingir os 70 milhões de views. Kony atingiu a marca com um dia a menos.

Vaos nos unir e tirar esse montro do poder! Para mais informações e colaborar com a campanha, acesse o site da Invisible Children.

Acesse aqui para curtir a Campanha no Facebook.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Chanel Paris-Bombay

Karl Laguerfeld dispensa  comentários, ele é um Deus. Pode andar para frente e para trás, ver tudo, ser tudo e  ser Chanel. Vida Longa!

Making-off  Acessórios, por Maison Lesage.

Este slideshow necessita de JavaScript.