O Som Performático dos Mustache & Os Apaches

1925302_619698338083503_983161860_n

Foi nas ruas de São Paulo que a banda Mustache & Os Apaches nasceu. Incorporando influências dos espetáculos circense, burlesco e das Jug Bands norte-americanas (bandas surgidas na década de 1920 que usavam instrumentos improvisados, como moringas e tábuas de lavar para criarem música), esses cinco músicos começaram a tocar em lugares inusitados da cidade e conquistaram seu público. Transformando escadarias, parques, calçadas e parques em palco de show.

O som de Axel Flag (vocal e ganzá), Jack Rubens (bandolim, violão e voz), Lumineiro (washboard e voz), Pedro Pastoriz (banjo, violão, kazoo e voz) e Tomas Oliveira (contrabaixo, kazoo e voz), é uma combinação de jazz, gypsy, blues, jazz e música folk. Mas segundo eles, não existe receita para a criação de sua música: naturalmente, os rapazes incorporam os diferentes estilos e criam um som único e envolvente.

Com muita espontaneidade e irreverência, a Mustache & os Apaches já rodou o Brasil e a Europa realizando shows que são verdadeiros espetáculos, sempre com muito improviso e contato com o público, sem perder a cara de “banda de rua”. Mais importante do que o sucesso conquistado, os cinco músicos gostam de ver o público dançando, se divertindo e fazendo parte do show. . Veja como tudo isso fica evidente no clip da banda:

http://www.youtube.com/watch?v=oaQSJh9gINY

No final do ano passado, eles produziram seu primeiro disco “Mustache & os Apaches”. O lançamento aconteceu no Auditório Ibirapuera, em um dos maiores shows já realizados pela banda. O disco está disponível para download gratuito – o que segundo os músicos deveria ser a regra geral sobre compartilhamento de conteúdo. O visual da banda e as referências musicais podem ser retrô, mas eles com certeza estão alinhados com as tendências atuais.

Para o futuro, a banda começa a idealizar o próximo disco, enquanto segue realizando shows, participando de festivais e promovendo seu som irreverente e contagiante. Além de trazer ainda mais criatividade e diversão para cena musical brasileira.

Anúncios

COCA-COLA MUSIC CONNECTION

A partir do dia 18/10, jovens de 12 a 25 anos de idade, com bandas de todos os estilos musicais, terão a oportunidade de se apresentar publicamente e concorrer a prêmios.

Depois de passar por Brasília (DF) e Goiânia (GO), o Coca-Cola Music Connection, ou simplesmente CMC, acontecerá em Uberlândia (MG) e Belém (PA) simultaneamente, com o objetivo de promover bandas não profissionais, dando espaço para que compartilhem momentos únicos por meio da música.

O projeto é gratuito e une interatividade, dinamismo e tecnologia e traz cinco diferentes estações: o estúdio de Todo Mundo, Coca-Cola Band Machine, o Coca-Cola Dance Machine, o Coca-Cola Play e um estúdio de rádio. A ideia é unir as paixões dos jovens: música, compartilhamento, amigos e diversão.

Para participar do concurso, basta ter uma banda musical, não profissional, composta por no mínimo duas pessoas e no máximo sete. O projeto acontece em quatro fases. Na primeira, a banda faz a inscrição no site de 18/10 a 29/10 ou no próprio local.

Após inscritos, os grupos participarão da segunda fase, que inclui audições e gravações realizadas no estúdio montado no Shopping Pátio Belém e no Center Shopping de Uberlândia.

No local, o grupo vai gravar um clipe, enquanto a plateia acompanha e torce pelas bandas. Ao final das audições, os vídeos gravados ficarão disponíveis no site do Coca-Cola Music Connection para votação.

A melhor banda de cada cidade vai ganhar um prêmio de estrela: a oportunidade de gravar um CD em estúdio profissional, fazer uma sessão fotográfica, e sessão fotográfica e a identidade visual da banda, além de participar da final nacional com as quatro finalistas. A banda vencedora do concurso nacional também leva pra casa instrumentos e equipamentos, e a sua música tocará durante um mês na rádio web Coca-Cola FM.

Entre as atrações do evento, a Coca-Cola BandMachine é uma plataforma com games que simulam instrumentos musicais. A Coca-Cola Dance Machine é um jogo ativado com os movimentos do corpo, sendo possível seguir os passos da tela.

Coca-Cola Play é um estúdio, que permite participar de um vídeo da música “Todo Mundo”, criada em homenagem à Copa do Mundo de 14 e gravada por Gaby Amarantos e Monobloco.

Flash Mob Smirnoff – Green Apple sinal verde para balada

s1

Todo mundo tem algum amigo que sempre fica com preguiça e raramente se anima pra ir pra balada. Nesses casos, costuma ser mais eficiente pegá-lo de surpresa, assim, no meio da diversão, fica difícil recusar. Foi pensando nisso que a Smirnoff ICE montou uma brincadeira para incentivar amigos a curtirem mais baladas juntos.

s2

A marca combinou com algumas pessoas de levar um amigo para uma loja de conveniência em Porto Alegre. Lá, eles pegavam algumas garrafas do novo sabor Green Apple, e quando passavam no caixa, a loja se transformava numa balada, com direito a disco ball, DJ, música alta e várias pessoas dançando.

Com um “empurrãozinho” desses, não tem quem resistiria à balada né?

Escorregadores urbanos, já!

Escorregadores3

Aproveitando o clima de protesto, poderíamos incluir essa na nossa pauta para agilizar o cotidiano. Certamente não agradaria a todos, mas que é divertido e permite acelerar um pouco o nosso dia-a-dia, disso não há dúvidas. Em várias cidades do mundo, têm sido construídos escorregadores urbanos ao lado de escadas – assim uma tarefa normal do cotidiano vira rapidamente um momento divertido.

Em Utrecht, na Holanda, o escorregador é grande atração em uma estação de trem. Já em Berlim, Alemanha, foi no metrô que ele apareceu e a verdade é que, além do momento lúdico, o escorregador permite melhorar o fluxo dos passageiros.

Assista ao vídeo na estação de metrô da capital alemã: impossível não amar a ideia.

BMW Jazz Festival

UM GRANDE FESTIVAL DE JAZZ.

O elenco do festival é encabeçado pelo virtuoso guitarrista Pat Metheny, que acumula na carreira nada menos do que 20 Grammy, em 12 categorias diferentes, e três discos de ouro. Tanto no Rio como em São Paulo, o músico e compositor terá uma noite exclusiva para a sua apresentação de duas horas ao lado de seu novo grupo, o Unity Band, composto por Chris Potter (sax tenor e clarinete baixo), Ben Williams (baixo) e Antonio Sanchez (bateria).

O pianista Brad Mehldau, conhecido pelos arranjos não convencionais de músicas de bandas de rock, como os Beatles, Radiohead e Soundgarden, entre outros, desembarca no Brasil acompanhado por Larry Grenadier (baixista) e Jeff Ballard (baterista), integrantes do seu próprio trio.

Representante feminina do evento, a cantora e contrabaixista Esperanza Spalding se apresenta com uma big band de 11 músicos para mostrar o seu último trabalho, o álbum Radio Music Society, lançado no ano passado e responsável por um dos três prêmios Grammy de sua curta porém elogiada trajetória.

O saxofonista Joshua Redman, que já foi atração da primeira edição do festival, à frente de seu projeto solo, retorna agora ao BMW como líder do James Farm, grupo de jazz acústico que traz em sua formação três dos principais instrumentistas da nova geração: o pianista Aaron Parks, o baixista Matt Penman e o baterista Eric Harland.

Veteranos do gênero, o saxofonista Joe Lovano, de 61 anos, e o trompetista Dave Douglas, 50, uniram os seus talentos após participarem juntos de um projeto em homenagem ao saxofonista Wayne Shorter. O encontro dos dois foi o embrião do quinteto Sound Prints, onde, além do tributo ao lendário artista, apresentarão composições próprias.

O multiinstrumentista Egberto Gismonti, reconhecido internacionalmente como um dos grandes nomes da música brasileira, sobe ao palco com a Orquestra Corações Futuristas, banda formada por jovens que desde os dez anos de idade estudam as obras de grandes compositores do país.

 

 

SÃO PAULO – HSBC Hall Brasil

Programação:

Quinta-feira, 06 de junho
PAT METHENY UNITY BAND with Chris Potter, Antonio Sanchez & Ben Williams

Sexta-feira, 07 de junho
JAMES FARM: Joshua Redman with Aaron Parks, Matt Penman and Eric Harland
Esperanza Spalding Radio Music Society
Egberto Gismonti e Orquestra Corações Futuristas

Sábado, 08 de junho
Brad Mehldau Trio
Johnathan Blake Quintet
JOE LOVANO & DAVE DOUGLAS QUINTET: SOUND PRINTS
Featuring: Lawrence Fields, Linda Oh and Matt Wilson

SHOW GRATUITO NO PARQUE IBIRAPUERA

Plateia externa – shows ao ar livre
Auditório Ibirapuera

Domingo, 9 de junho, à partir das 17h
Av. Pedro Álvares Cabral, s/n – Portão 2 – Parque Ibirapuera

RIO DE JANEIRO – Vivo Rio

Programação:

Sábado, 08 de junho
JAMES FARM: Joshua Redman with Aaron Parks, Matt Penman and Eric Harland
Esperanza Spalding Radio Music Society

Domingo, 09 de junho 
Brad Mehldau Trio
JOE LOVANO & DAVE DOUGLAS QUINTET: SOUND PRINTS
Featuring: Lawrence Fields, Linda Oh and Matt Wilson

Segunda-feira, 10 de junho 
PAT METHENY UNITY BAND with Chris Potter, Antonio Sanchez & Ben Williams

The Creators Project

Neste final de semana nos dias 4 e 5 de agosto, acontecerá espaço de eventos Moinho o festival de arte The Creators Project que engloba arte e tecnologia com interatividade, shows, filmes e painéis de discussão.

O produtor californiano de hip hop AraabMUZIK e a dupla de música eletrônica do Brooklyn Tanlines são algumas das atrações confirmadas, assim como a rapper curitibana Karol ConKá e o DJ e produtor Leo Justi.

A instalação em larga escala movida a Kinect The Treachery of Sanctuary de Chris Milk fará sua estreia na América Latina, juntamente com a instalação Parede de Rejane Cantoni e Leonardo Crescenti, além do game interativo OctoCloud do SuperUber, que também será apresentado no Brasil pela primeira vez.

O público ainda poderá interagir com a obra Meditation 1208~ do coreano Minha Yang, os pixels interativos Six-Forty by Four-Eighty de Zigelbaum + Coelho, a instalação de Instagram em tempo real #Creators Live de Doug Carmean e Social Print Studio, entre outras.

Serão exibidos filmes como o documentário sobre o LCD SOUNDSYSTEM SHUT UP AND PLAY THE HITS, inédito no Brasil, e realizaremos um painel sobre moda sustentável com Oskar Metsavaht, e sobre música DIY com Emicida e Daniel Ganjaman. A deliciosa gastronomia d’O Mercado trará suas charmosas barraquinhas comandadas por alguns dos melhores chefes de São Paulo ao longo do final de semana.