Pesquisa revela quais marcas foram mais lembradas por proporcionar bons momentos ao público no Rock in Rio

Qual marca chamou mais atenção dos que estiveram no Rock in Rio? E daqueles que acompanharam via TV ouweb?

Um estudo da Ilumeo com mais de 1.200 pessoas levantou estes e outros dados relativos ao evento que encerrou no dia 22/09, na Cidade do Rock, no Rio de Janeiro. De acordo com as informações levantadas, considerando-se o público que estava no local e o que acompanhou a distância, a Coca-Cola foi a marca com a melhor lembrança, com 58%, seguida por Itaú  (53%) e Heineken (52%).

A Coca-Cola ficou na lembrança do público do Rock in Rio 2013 (Foto: Mateus Arisa/Promoview).

O curioso é que, ao fragmentar estes dados,  o resultado muda um pouco. Quando se leva em conta quem foi ao evento, o Itaú tem 74%, seguido pela Coca-Cola (67%), Heineken(66%) e Club Social, que aparece com 57% contra apenas 36% obtidos quando o critério foi o público geral.

Astro do Rock foi a ação de marketing promocional que o Itaú levou à Cidade do Rock.

“Na métrica de lembrança de patrocínio dentre das pessoas que foram ao Rock in Rio, as marcas que mais têm seus índices elevados, em relação ao público em geral, são Itaú e Club Social. Provavelmente, estas marcas tiveram atuação marcante no evento”, observaDiego Senise, diretor da Ilumeo.

Balanço do evento

A organização do Rock in Rio divulgou no dia 27/09, o balanço final do festival. No total, foram 90 horas de música ao longo de sete dias e um público de 595 mil pessoas presentes na Cidade do Rock para acompanhar mais de 160 atrações.

Segundo estimativas da Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro (Riotur), o Rock in Rio gerou um impacto na economia do Rio de Janeiro de mais de R$ 1 bilhão, atingindo uma média de 90% de ocupação dos quartos da rede hoteleira carioca.

Os resultados na web merecem destaque. O Rock in Rio alcançou a marca de mais de 10,256 milhões de seguidores nas redes sociais, sendo que registrou um crescimento de 704 mil fãs só durante o festival.

O site oficial do evento obteve cerca de 4,5 milhões de visitas e aproximadamente 9,2 milhões de page views. Os principais países que acessaram, além do Brasil, foram Estados Unidos, Portugal, México e Chile, nesta ordem.

O sucesso dos brinquedos instalados na Cidade do Rock, que levavam o nome de patrocinadores e contaram com filas gigantes durante todos os dias, também pode ser expressado em números.

A Heineken está entre as mais lembradas do evento de rock (Foto: Mateus Arisa/Promoview).

Um total de 95.741 pessoas passaram pela roda-gigante, tirolesa, turbo drop, montanha russa e parede de escalada ao longo do festival. Na alimentação os dados também são grandiosos: foram consumidos 530 mil litros de cerveja, 420 mil garrafas de água, 210 mil copos de refrigerante, 9,7 toneladas de copos de refrigerantea, 130 mil pães de queijo, 48 mil pizzas, 29 mil cachorros quentes e 280 mil hambúrgueres.

Anúncios

FILE 2013

file-fiesp-predio

Em cartaz no Centro Cultural Fiesp, o FILE – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica apresenta 23 obras de arte digital com entrada gratuita até 1º de setembro. Famoso por suas longas filas nos fins de semana, o evento tem um público cativo que o procura principalmente pela possibilidade de interagir de diversas maneiras com instalações, animações, aplicativos para tablet e games, entre outros trabalhos. Em sua 14ª edição, em 2012, o festival recebeu 50 mil pessoas. Para evitar o tumulto, a dica é fazer a visitar durante a semana ou aos sábados e domingos, pela manhã.

É importante reservar de 2 a 3 horas para conhecer todos os trabalhos em exibição neste ano. Não há um roteiro a seguir. No salão, vale ficar livre e experimentar as mais diferentes sensações que as peças podem despertar, sem pressa. O estudante de moda Wladimir Rocha, que estava na abertura, no último dia 22, levou a sério essa proposta. “É bacana usar a tecnologia a favor da arte de uma forma interativa”, disse.

Maybelline 2013 – Explosão Cosmpolita

31768c55f88eb04453215775785385cb_L

Fim de ano é tempo dos tradicionais calendários da Maybelline, que ressurgem com editoriais repletos de beleza, cores e tendências. Nas páginas do New York Maybelline 2013 Calendar, o nível artístico é elevado e assinado por Anastasia Durasovaeste, onde a pintura corporal domina a cena. A maquiagem e as pinturas corporais fazem referência a ícones de Nova York.

Como de costume a fotografia é de Kenneth Willardt e a maquiagem de Charlotte Willer.
Começando por Erin Wasson representando a vibrante Times Square, em Fevereiro a modelo Jessica White exibe a vida noturna de NY, em Março Emily DiDonato faz referência à ponte George Washington , para  Abril Julia Stegner homenagea o Graffiti, novamente a top Erin Wasson no mês de Maio representando as ruas de NY, em Junho e Julho Kemp Muhl  fazendo alusão os sons da cidade, para Agosto Charlotte Free mostra a diversidade cultural, Shu Pei Qin em Setembro associada a velocidade do metrô, Kemp Muhl como Outubro e Novembro simbolizando o Central Park e finalizando como Dezembro,  Freja Beha Erichsen mostra Art Scene , instalações artísticas presentes por toda cidade de NY.