Tecnologias interativas -Instalação Wave Dilfert

wave2

Mais um exemplo  de uma instalação interativa que reage a movimentos e mudanças de luz criando ambiente imersivos. Com o advento das novas tecnologias de comunicação e informação, novos cenários evolutivos designados de espaços virtuais imersivos foram sendo desenvolvidos, modificando a cultura de forma surpreendente, um novo contexto ganha dimensão a partir das imagens, estabelecendo-se novas formas de interação.

O ambiente da arte, ao buscar estados carregados de subjetividade, é um campo fértil para pesquisas nesta direção que voltam-se a aspectos poéticos, artísticos e estéticos de sistemas complexos interativos e imersivos.

Os resultados vêm contribuindo para a pesquisa científica e para a arte contemporânea brasileira e internacional através de criação artística com poéticas tecnológicas no campo da ciberestética. Verificam-se modos de sentir ampliados pelas tecnologias interativas e imersivas neste momento pós-biológico, onde o corpo age, pensa e sente acoplado a sistemas computadorizados.

Anúncios

Por dentro do camarim…

Já é conhecida a tendência das estrelas da música para fazer exigências extravagantes e, em alguns casos casos bizarras, antes, durante e depois de um show ou apresentação. Depois de revisar adendos – aquela cláusula contratual que descreve uma série de estipulações ou pedidos feitas por músicos ou bandas para definir como precisam que seus equipamentos sejam montados e arranjados, como querem que seus camarins sejam organizados e que tipos de comida e bebida necessitam – o fotógrafo Henry Hargreaves decidiu criar uma série fotográfica retratando os pedidos dos artistas – na grande maioria das vezes, bizarros.

O estilo das fotos tem uma explicação dada pelo fotógrafo: “Decidi focar nos pedidos mais peculiares e fotografá-los num estilo de natureza morta barroca flamenca, porque senti que havia uma conexão direta entre os temas nesses tipos de pinturas e os adendos: a ideia da passagem do tempo e da mortalidade final da carreira de um músico quando os holofotes inevitavelmente se apagam — ele tem apenas um curto espaço de tempo para fazer essas exigências e para que elas sejam atendidas.”

Veja algumas das fotos produzidas por Henry:

Entre a Arte e o Galinheiro

bendettaubaldini6

A artista britânica  Benedetta Ubaldini se dedica a fazer esculturas com material inusitado: arame de galinheiro. O efeito dimensional é esculpido à mão, que cria uma leveza nos animais, tornando-os figuras fantasmagóricas, que parecem flutuar pelo ambiente. Apesar disso, os cenários tem um ar todo lúdico, que parecem ter migrado de um livro infantil.

E as nuvens, então? Encantadoras!